cieam@cieam.org.br

(92) 3627-3800

  1. Home
  2. Notícias
  3. Suframa anuncia faturamento das indústrias da Zona Franca no primeiro semestre de 2021
Notícias

Suframa anuncia faturamento das indústrias da Zona Franca no primeiro semestre de 2021

  • Postado em: 05/05/2021
Tweetar

Fonte: 18 horas

Mesmo com os desafios impostos pela pandemia da Covid-19 no início de 2021, o Polo Industrial de Manaus (PIM) – que já havia registrado resultado positivo em janeiro na comparação com o mesmo mês de 2020 – voltou a apresentar variação positiva no faturamento registrado pelas empresas incentivadas no primeiro bimestre deste ano ante o mesmo período do ano passado.

Os dados informados à Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) que compõem os Indicadores de Desempenho do PIM demonstram um aumento, em real, de 23,9% no faturamento de janeiro e fevereiro de 2021 em relação à 2020, registrando o acumulado de R$ 21,4 bilhões. Em dólar, a variação foi levemente negativa, de 0,8%, totalizando US$ 3.9 bilhões.

Entre os segmentos que mais colaboraram para o bom resultado alcançado pelo parque fabril manauara no período, estão o Eletroeletrônico (com faturamento de R$ 4,8 bi e crescimento de 8,4%), Bens de Informática do Polo Eletroeletrônico (faturamento de R$ 5,4 bi e crescimento de 49,1%), Termoplástico (faturamento de R$ 2,1 bi e crescimento de 74,7%), Metalúrgico (faturamento de R$ 2,1 bi e crescimento de 46,6%), Mecânico (faturamento de R$ 1,6 bi e crescimento de 34,7%) e Químico (faturamento de R$ 2,1 bi e crescimento de 34,8%). Dois subsetores destacaram-se, ainda, pela variação percentual fortemente positiva. São o de Vestuário e Calçados (com crescimento de 202,6% e faturamento de R$ 6,2 mi) e Couros e Similares (com crescimento de 176,7% e faturamento de R$ 6 mi).

Produtos

Os dados apresentados pelas empresas à Suframa também demonstram que alguns produtos tiveram acréscimo de produção neste ano em relação ao primeiro bimestre de 2020. O de maior destaque foram os tablets, com 315,9 mil unidades produzidas e crescimento de 238,67%. Outros exemplos são os rádios e aparelhos reprodutores e gravadores de áudio portátil (MP3/MP4 e toca disco digital a laser), que registraram 123,9 mil unidades fabricadas e crescimento de 46,1%; home theaters, com 14,3 mil unidades produzidas e crescimento de 66%; câmera fotográfica digital, com 7,8 mil unidades e crescimento de 30,1%; microcomputador portátil, com 94,1 mil unidades produzidas e crescimento de 54,3%; e artigos e equipamentos para cultura física (steppers, bicicletas ergométricas e esteiras rolantes), com 9,4 mil unidades produzidas e crescimento de 57,2%.

Empregos

A mão de obra empregada nas empresas incentivadas do PIM ficou em 99.912 postos de trabalho ocupados em fevereiro, entre mão de obra efetiva, temporária e terceirizada. O quantitativo ficou pouco abaixo do registrado em janeiro de 2021, quando foram verificados 102.134 postos ocupados. Já em relação a fevereiro de 2020, quando havia 93.332 empregos diretos, houve um aumento de mais de 6 mil postos de trabalho. A média mensal de mão de obra do PIM em 2021 está em 101.023 postos de trabalho.

Análise

O superintendente da Suframa, Algacir Polsin, destaca que “é muito importante verificar dados que demonstram bons resultados para o Polo Industrial de Manaus, ainda mais quando se pensa nos impactos ocasionados pelo agravamento da pandemia da Covid-19 no período analisado. O trabalho conjunto dos poderes públicos e privados e a resiliência das indústrias incentivadas contribuiu para que o cenário econômico local não fosse tão impactado quanto poderia, especialmente diante dos cuidados previamente adotados pelas empresas a fim de garantir a segurança de seus colaboradores e manter as linhas de produção ativas, atendendo às demandas do mercado e permitindo a manutenção dos empregos, fundamental à sociedade. Esse esforço conjunto deve continuar para que sejam superados quaisquer desafios e se tenham ganhos para a sociedade, a economia e ao País”.