cieam@cieam.org.br

(92) 3627-3800

  1. Home
  2. Notícias
  3. Empresa de iluminação avalia instalação na ZFM e geração de cem empregos
Notícias

Empresa de iluminação avalia instalação na ZFM e geração de cem empregos

  • Postado em: 13/05/2022
Tweetar

MANAUS – O grupo Intral Iluminação Inteligente, de Caxias do Sul, anunciou nesta quinta-feira (12) expansão de negócios para o PIM (Polo Industrial de Manaus). A unidade na capital amazonense deve começar a produção no primeiro trimestre de 2023. O investimento inicial será de R$ 20 milhões e a estimativa é gerar cem empregos.

O anúncio foi feito após visita de representantes da empresa à Sedecti (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) na manhã desta quinta-feira (12).

“Estamos à disposição para todos que queiram investir no Amazonas. Aqui temos um mundo de oportunidades e temos 97% de floresta preservada. Há uma série de vantagens em modernização e de políticas públicas que estão sendo trabalhadas. Este governo está trabalhando neste sentido”, disse o secretário Angelus Figueira.

O gerente de Supply da Intral, Marcelo Toss, disse que essa é a primeira visita ao Amazonas e que o investimento em Manaus está em estudo prévio. “Esta é a nossa primeira vez em Manaus. E esta visita aqui na Sedecti é para conhecer tanto a parte estadual quanto a federal, conhecer como funciona o polo de indústrias aqui, verificar in loco como a coisa funciona e, principalmente, conhecer as pessoas”, disse Toss.

A Intral Iluminação Inteligente está no mercado há mais de 60 anos no setor de tecnologias de iluminação e eficiência energética. O grupo possui unidades em Caxias do Sul (RS) e São Paulo (SP). Só no ano passado, segundo Marcelo Toss, “a empresa faturou R$ 90 milhões”.

“Nós temos um desafio muito grande de crescimento e, neste ano, a gente tem que faturar cerca de R$ 180 milhões. Para os próximos cinco anos, queremos chegar aos R$ 500 milhões”, revelou Toss.

O Amazonas é o único estado do Brasil que possui o Processo Produtivo Básico (PPB) específico para lâmpadas a LED, assegurado pela Portaria Interministerial ME/MCTI Nº 58, de 9 de outubro de 2020, atendendo aos seguintes produtos: lâmpadas a LED, para iluminação de ambientes, baseada em técnica digital. O PPB é o conjunto mínimo de operações no estabelecimento fabril que caracteriza a efetiva industrialização de determinado produto.

“Optamos por Manaus porque hoje é o único local do Brasil que tem o PPB próprio para luminária a LED. A gente avaliou outros estados incentivados como Espírito Santo e outros do Nordeste, que têm alguns incentivos, mas o único que tem o incentivo próprio para luminária a LED é o Amazonas”, esclareceu o gerente.

Fonte: Amazonas Atual