cieam@cieam.org.br

(92) 3627-3800

  1. Home
  2. Notícias
  3. Aeroporto de Manaus já está sob a administração da Vinci Airports
Notícias

Aeroporto de Manaus já está sob a administração da Vinci Airports

  • Postado em: 12/01/2022
Tweetar

Após não terem sido bem sucedidas as investidas judiciais ocorridas durante o ano de 2021, que buscavam retirar do Bloco Norte de concessões o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, a Vinci Airports dá início à administração do terminal aeroportuário de Manaus nesta quarta-feira (12).

A Vinci substitui a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

O bloco arrematado pela Vinci, além do aeroporto de Manaus, inclui os terminais de Tabatinga e Tefé, no Amazonas. No total, o Bloco Norte foi arrematado por R$ 420 milhões de pagamento de outorga inicial, com perspectivas de arrecadação total de cerca de R$ 5 bilhões ao longo dos pagamentos periódicos do contrato de 30 anos.

Além da arrecadação acima descrita, o investimento que a Vinci deverá fazer nos aeroportos do Bloco é previsto em ao menos R$ 1,48 bilhão, provavelmente com a maior parte deste montante destinada ao terminal de Manaus, o maior e mais movimentado entre os sete arrematados.

Segundo os dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes encerrou 2021 como um dos 15 mais movimentados do Brasil, com cerca de 1,2 milhão de passageiros em trânsito, e como o terceiro maior do país em quantidade de carga, com cerca de 145 mil toneladas.

Antes da crise da Covid-19, o equipamento fechou 2019 com 2,9 milhões de passageiros e 120,8 mil toneladas de carga.

No Brasil, a Vinci gerencia o aeroporto de Salvador desde 2017.

Da Redação, com informações do Aeroin

Fonte: Real Time 1