Notícias


Superintendente da SUFRAMA busca alavancar atividades do CBA

Reportagem produzida pela Assessoria de Comunicação da Suframa

O titular da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), Appio Tolentino, acompanhado do superintendente adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Regional, Marcelo Pereira, visitou na manhã da última sexta sexta-feira (16) o Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA). Na ocasião, Tolentino se reuniu com José Luiz Maia, representante do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) no Grupo de Gestão do CBA, e com coordenadores e pesquisadores do Centro.

A visita do superintendente teve por objetivo conhecer melhor a estrutura e o potencial do CBA, que atualmente mantém 64 bolsistas que atuam com diversas pesquisas em áreas como cosméticos e fármacos, por exemplo. E o fruto destas pesquisas, para Tolentino, deve ser cada vez mais voltado aos grandes mercados consumidores. “Precisamos do trabalho de todos vocês, pesquisadores, para que transformem as pesquisas de laboratório em produtos, de preferência com potencial de exportação”, disse aos coordenadores laboratoriais do Centro.

O superintendente fez questão de afirmar que pretende aproximar cada vez mais o CBA da classe empresarial, o que deve fomentar a atividade do Centro e promover a geração de empregos a partir do aumento de pesquisas com matérias primas regionais, que têm alta demanda de consumo. “Com um trabalho conjunto podemos chegar mais longe. Podemos contribuir cada vez mais para o desenvolvimento da Amazônia, além de criarmos base para que as futuras gestões também possam manter este desenvolvimento”, comentou Tolentino.

Parcerias

Além de promover uma aproximação entre as empresas e o CBA, Appio Tolentino ainda afirmou que irá estudar a viabilidade de realizar parcerias público-privadas para alavancar as atividades realizadas no Centro e sanar as atuais necessidades pelas quais passa a instituição, conforme foi destacado durante a apresentação do Diagnóstico de Gestão do Centro, compilado pelo Inmetro e apresentado ao superintendente da SUFRAMA.

Tolentino ainda pôde conhecer produtos oriundos de pesquisas do CBA, como as frutas desidratadas com alto poder comercial, e as potencialidades locais – já exploradas por muitos países e apresentadas em feiras internacionais – e que podem ser base para pesquisas realizadas no Centro de Biotecnologia da Amazônia.

Ao final, o superintendente visitou os laboratórios do CBA e reforçou o compromisso com a instituição. “Temos aqui um grupo muito qualificado de colaboradores e uma gama de pesquisas que com certeza podem contribuir significativamente para o engrandecimento de nossa região”, finalizou Tolentino.

Fique Informado