Notícias


Dito & Feito – Até o Huck cutuca a Zona Franca


Como se não bastasse o ministro Paulo Guedes, agora, até Luciano Huck virou autoridade que sabe como reinventar a Zona Franca e tornar a floresta Amazônica no que ele chama de “polo de inovação”.

Durante o Exame Fórum, promovido pela revista na noite de segunda-feira (9), o discurso do apresentador global teve tom de campanha política.

Ao falar sobre o abandono das populações ribeirinhas, Huck disse que a solução não é complexa – é possível transformar a floresta em um polo de inovação, com um projeto sustentável, algo que ele chamou de “Amazônia 4.0”.

“O mundo inteiro tem interesse em consumir a floresta, e nós continuamos produzindo motocicleta e geladeira que são compradas por Santa Catarina. Não que eu tenha algo contra a Zona Franca de Manaus, mas podemos ir além disso.”

Sonho impossível

Huck disse que em suas andanças através da pauta do programa “Caldeirão”, visitou uma família subindo o rio Juruá, no Amazonas. “Quando perguntei a uma criança chamada Eliana o que ela quer ser quando crescer, ela disse ‘juíza’.”

O global disse que hoje, a menininha amazonense não tem qualquer condição de conseguir reaizar sonho. “E é nosso papel construir um projeto de país para que o sonho dela se torne viável.”

Guarde o revólver

Mas como mudar tudo isso em um momento que o país está polarizado? Esse é o grande desafio, que o próprio Huck responde: “As pessoas precisam deixar o discurso belicista de lado, já que não vai levar a lugar algum.”

Fique Informado