Notícias


Bolsonaro tranquiliza amazonenses

Notícia publicada pelo Jornal Acrítica

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) mandou um recado que, aparentemente, tranquiliza os políticos, empresários e o povo do Amazonas com relação ao futuro da Zona Franca de Manaus. A mensagem presidencial foi passada ao deputado federal Pauderney Avelino(DEM-AM) que foi recebido na manhã de ontem no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde trabalha a equipe de transição do atual e do futuro governo.

"Peço que você tranquilize o povo amazonense porque para mim a Zona Franca de Manaus é extremamente importante; tem um papel relevante para a Amazônia e para o Brasil e tem que ficar protegida.

Qualquer mudança que venha acontecer na economia você vai ficar perto mim para que a gente possa conversar antes para verificar se qualquer medida econômica afetará a Zona Franca de Manaus", disse Bolsonaro.

Para fazer essa interlocução, Bolsonaro vai aproximar Pauderney Avelino ao futuro ministro da Economia, Paulo Guedes. Já na próxima segunda-feira (12), o deputado amazonense participa da primeira reunião com a equipe de transição do novo governo no CCBB. "Diante das declarações do futuro ministro Paulo Guedes, que pretende implantar um novo conceito econômico, com redução de tarifa de importação e de incentivos fiscais e que tais manifestações causam preocupação no nosso modelo econômico-industrial, a palavra empenhada do presidente eleito tem um valor muito grande até porque ele conhece bem o nosso estado e a Amazônia e da importância da Zona Franca de Manaus", declarou o deputado Pauderney.

Jair Bolsonaro também deu essa garantia de preservação da Zona Franca de Manaus ao presidente do PSL do Amazonas, Ubirajara Rosses, na última sexta-feira (2), quando se
encontraram no Rio de Janeiro. Uma reunião de emergência foi convocada para tratar do assunto ZFM e os impactos que o projeto econômico de Paulo Guedes poderão causar ao modelo, mas foi desmarcada por conta de viagem do presidente eleito.

Fique Informado