Notícias


Novas empresas no PIM

Reportagem publicada pelo Jornal do A Crítica

Dois projetos para o beneficia­mento de peixe nas cidades de Manacapuru e Tocantins, am­bos estimados em aproximada­mente R$ 5 milhões, são desta­ques na pauta da reunião do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), que acontece hoje, às 10h, na sede da Secretaria de Estado de Planejamento, Desen­volvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti - rua Ma­jor Gabriel, n° 1.870, Praça 14 de Janeiro, zona sul), a penúltima a ser realizada este ano.

No total, o Codam vai delibe­rar sobre uma pauta que relacio­na 28 projetos industriais com recursos de R$ 649 milhões e geração de 854 empregos pre­vista ao longo de três anos.

Confirmando uma tendência de interiorização dos projetos destinados às cidades do inte­rior, a pauta da 2708 reunião do Conselho traz duas propostas de criação de plantas indus­triais, uma em Manacapuru, da Agropecuária Exata, a qual se compromete a beneficiar peixe com recursos de R$ 2 milhões. Em Tonantins, a Indústria e Co mércio de Pescado espera tam­bém industrializar peixe com investimentos de R$ 3 milhões.

DESTAQUES

A nova pauta do Conselho tem entre outros destaques o projeto da Cailidus Comércio e Serviços de Placas para a fabricação de terminal de ponto de venda (sis­tema de pagamento online) com recursos de R$124 milhões e 176 vagas no mercado de trabalho.

A empresa Verde Bike da Amazônia apresentou proposta para a fabricação de bicicletas elétricas no valor aproximado de R$ 11 milhões. A Universal Componentes submete aos con­selheiros projeto para produzir esteira rolante elétrica e equipa­mentos de ginástica para mus­culação com recursos de R$ 15 milhões.

No acumulado do ano, o Codam aprovou, incluindo a pauta da 2708 reunião, a concessão de incentivos para 148 projetos que somam investimentos de R$ 6.145 bilhões com expectati­va de 4.335 vagas no mercado de trabalho.

­

INCENTIVOS

O Codam é responsável pe­la política de incentivos fis­cais, como do Imposto so­bre Circulação de Mercado­rias e Serviços (IMAS) e reú­ne 18 representantes de di­versos setores, como Sufra­ma; Prefeitura de Manaus; entidades de classe, como Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam); Cen­tro das Indústrias do Ama­zonas (Cieam); sindicatos de trabalhadores e órgãos de fomento e pesquisa.

NO ANO

A reunião anterior foi realizada em agosto deste ano, na qual fo­ram aprovados investimentos es­timados em R$ 1.224 bilhão dis­tribuídos por 30 projetos indus­triais. Os destaques foram os pro­jetos da Whirlpool Eletrodomés­ticos, um dos maiores grupos in­dustriais do País, para fabricar no Estado uma máquina para prepa­ração i nstantânea de bebidas não alcoólicas, em doses individuais.

Fique Informado